• VITAMINA D

(CONDIÇÕES CLÍNICAS MAIS FREQUENTES)

Por muitos anos as consequências da deficiência de vitamina D estiveram relacionadas somente a alterações da qualidade do osso.
Nos últimos anos, tem sido observado que a vitamina D interage com outras funções do organismo e sua deficiência pode levar as mais diversas condições clínicas além da osteoporose.
Podemos citar, entre elas, a associação da deficiência de vitamina D e o diabetes, infecções, doenças coronarianas, doenças autoimunes e até a obesidade.

  • HE – 4: UM NOVO MARCADOR PARA O CÂNCER DE OVÁRIO
As neoplasias de ovário representam a quinta maior causa de morte por câncer entre as mulheres em todo o mundo. Como os sintomas dessa doença geralmente inespecíficos, a maioria das pacientes é diagnosticada em estágios avançados, quando o prognóstico é ruim.
O marcador tumoral usualmente empregado é o CA125. A sensibilidade desse marcador está relacionada de ao estágio tumoral. Sua principal limitação: baixa especificidade.
A proteína epididimal humana 4 (HE-4) superexpressa em neoplasias epiteliais do ovário, garante maior especificidade, contribui no reconhecimento de estágios iniciais do câncer do ovário o que garante uma melhor sobrevida do paciente.
  • NUTRIGENÔMICA - NUTRIÇÃO PERSONALIZADA PELO GENOMA
O perfil Nutrigenômica analisa genes envolvidos no metabolismo, transporte de nutrientes, na remoção de toxinas e na proteção contra agentes oxidantes. O perfil se baseia em painéis de mutações de 35 genes associados ao metabolismo lipídico, desintoxicação celular (detox), metabolismo do ácido fólico, hipertensão, absorção de vitamina D, metabolismo do álcool, resposta inflamatória e ação antioxidante. Estes genes foram cuidadosamente selecionados por apresentarem uma forte correlação estatística com o risco do aparecimento de problemas metabólicos (teores de colesterol e glicose elevados, aumento de peso, etc.).
 
Benefícios Nutrigenômica: de acordo com o padrão particular de variação genética, um aconselhamento personalizado pode ser gerado com recomendações sobre a dieta e estilo de vida personalizando objetivos específicos em nutrição e exercício físico, ajustando e selecionando a alimentação de acordo com a variabilidade genética do perfil metabólico de cada indivíduo.
  • Boa alimentação evita doenças crônicas ligadas à obesidade
Uma alimentação saudável pode ser uma grande aliada na conquista de mais qualidade de vida, saúde e bem-estar. A pesquisa Vigitel 2013 (Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico), feita com 53 mil brasileiros adultos, revela um aumento na prática de atividade física e no consumo recomendado de frutas e hortaliças.
O levantamento mais recente do Ministério da Saúde mostra que, pela primeira vez em oito anos consecutivos, o percentual de excesso de peso e de obesidade se manteve estável no país. O consumo diário de alimentos mais saudáveis e a prática de atividades regulares evitam uma série de doenças crônicas causadas pela obesidade.
Para manter uma dieta balanceada e saudável, o prato deve conter diariamente hortaliças (verduras e legumes). Esses alimentos fornecerem vitaminas, fibras, minerais e outros componentes bioativos que trazem uma série de benefícios para o organismo.

Pedidos online para restaurantes Aumentar vendas e pedidos em restaurantes Aplicativo de delivery para restaurantes Site para fotógrafo Vender fotos online loja online criação de site plataforma de ecommerce Facebook Ads / Instagram Ads